Corpo de uma das vítimas retirado pelas autoridades. Dois mortos confirmados

Autoridades avançam ainda com a existência de três desaparecidos. Operações decorrem com dificuldade.
19.11.18

Duas pessoas morreram e três outras ficaram "submersas" após um troço da estrada municipal 255 que liga Borba a Vila Viçosa, em Évora, ter abatido esta segunda-feira pelas 15h45. O aluimento de terras provocou a queda de pelo menos três veículos para dentro de "uma pedreira com 50 metros de profundidade" com água.

Segundo avança a CMTV, foi retirado o primeiro corpo da pedreira durante a tarde desta terça-feira.

Drone da CMTV capta imagens da destruição após derrocada em Borba

Ao que o CM apurou, as vítimas mortais tratar-se-ão de trabalhadores da empresa A.L.A. de Almeida: Gualdino Pita, 49 anos, e João Xavier, de 58, morreram a trabalhar na pedreira. O Ministério Público vai abrir um inquérito para "apurar as circunstâncias" da derrocada da estrada. As autoridades vão usar motobombas para retirar água, gruas e sensores para localizar vítimas, mediante "as condições meteorológicas e de segurança".

Autoridades fazem buscas para encontrar vítimas de Borba



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!