Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Arderam dez viaturas em apenas três meses em Faro

Polícia Judiciária está a investigar a relação existente entre todos os casos de fogo.
Rui Pando Gomes e Rafael Domingues 21 de Setembro de 2019 às 10:04
Automóvel estacionado junto a ecoponto foi atingido pelo fogo
Motas que estavam no hall de um prédio ficaram destruídas
Carrinha de transferes e carro atingidos por fogo
Automóvel estacionado junto a ecoponto foi atingido pelo fogo
Motas que estavam no hall de um prédio ficaram destruídas
Carrinha de transferes e carro atingidos por fogo
Automóvel estacionado junto a ecoponto foi atingido pelo fogo
Motas que estavam no hall de um prédio ficaram destruídas
Carrinha de transferes e carro atingidos por fogo
No espaço de três meses, mais de uma dezena de viaturas foram incendiadas na zona da Penha, na cidade de Faro. Os crimes de fogo posto estão a deixar os moradores locais alarmados. A Polícia Judiciária está a investigar e suspeita que exista uma relação entre todos os casos.

Os últimos casos ocorreram na madrugada de quinta-feira na rua. Ficaram destruídos três carros, duas motas e um ecoponto na sequência de incêndios em três locais distintos. No entanto, ao que o CM apurou, nos últimos meses já foram registados mais casos que estão igualmente a ser investigados pela Diretoria do Sul da Polícia Judiciária.

Há cerca de um mês foi a vez de uma carrinha ter ficado destruída na sequência de um incêndio suspeito, após duas tentativas falhadas. Dias antes já tinha sido atingido um outro carro estacionado na mesma zona, sem que ninguém tivesse sido ainda responsabilizado pelos prejuízos. Há cerca de três meses mais três viaturas já tinham sofrido danos na sequência de incêndios suspeitos em contentores do lixo.

Segundo o CM conseguiu apurar, os investigadores da Polícia Judiciária recolheram diversos vestígios que dão força à hipótese de que todos os casos tenham tido mão criminosa, tendo em conta a forma como ocorreram e o facto de terem acontecido todos, precisamente, na mesma zona.

Os moradores estão alarmados e revoltados. "Agora quem é que vai pagar os prejuízos?", questiona uma das lesadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)