Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Autoridades têm lista de motards perigosos para concentração de Faro

GNR preparada para responder a distúrbios. Homens da Intervenção e Investigação Criminal vão estar junto ao recinto.
João Mira Godinho e Diana Santos Gomez 20 de Julho de 2018 às 01:30
GNR vigia concentração de 'motards' em Faro FOTO: Pedro Noel da Luz
A GNR tem os nomes de motards potencialmente perigosos que possam criar desacatos na 37ª Concentração Internacional de Motos, que ontem começou em Faro. A lista inclui motards portugueses como de outros países.

Tendo presente a detenção de 59 elementos do grupo Hells Angels, "a GNR está a monitorizar toda a informação relativa a fenómenos criminais", referiu, ao CM, o tenente Carvalho Afonso, oficial de Relações Públicas do Comando de Faro. "As autoridades estão em comunicação com entidades nacionais e internacionais para fazer face a qualquer ocorrência", acrescentou, junto a uma das operações de fiscalização que a GNR montou nas principais vias de acesso ao Algarve e a Faro. Além das estradas, também há militares do Grupo de Intervenção e Ordem Pública junto ao recinto da concentração, e elementos da Investigação Criminal também vão estar no local.

Com a segurança reforçada no exterior, no interior do recinto, onde a segurança é garantida por uma empresa privada, os participantes não acreditam que as detenções e um eventual conflito entre os grupo Hells Angels e Los Bandidos - na sequência do incidente entre membros dos dois grupos no Prior Velho, Loures, em março - possam estragar um dos maiores encontros motards da Europa. "Não acredito que fosse haver qualquer vingança, não iam fazer isso aqui", disse, ao CM, um elemento do Moto Clube de Faro. As autoridades apelam para que sejam evitados comportamentos de risco e pedem uma condução defensiva, respeito pelos limites de velocidade, utilização de equipamentos de proteção e não ingestão de bebidas alcoólicas ou substâncias psicotrópicas. 

PORMENORES
Segurança mantida
A segurança no recinto é garantida por uma empresa contratada pelo Moto Clube de Faro e "é exatamente igual a outros anos", garantiu José Amaro, presidente do Moto Clube.

Reforço no concelho
Rogério Bacalhau, presidente da Câmara de Faro (e membro do moto clube local) admitiu que houve "um reforço de segurança" no concelho mas trata-se de matérias que "já estão a ser tratadas há vários meses".

Longas filas na estrada
Ontem, ao final do dia, havia longas filas de carros na estrada para o Aeroporto de Faro. A concentração realiza-se num terreno no vale das Almas e o acesso é pela mesma via.

Esperados 15 a 18 mil motociclistas 
O Moto Clube de Faro, que organiza o encontro, espera 15 a 18 mil motociclistas na edição deste ano da concentração. O bilhete para todos os dias custa 45 euros, existindo uma opção a 30 euros, a partir das 12h00 de amanhã, que não inclui as refeições.

Shows de striptease e muita música 
Para além de tudo o que está relacionado com o universo motard, a concentração de Faro também é conhecida pelos concertos e os shows de striptease entre os concertos. As noites mais fortes são a de hoje, que tem Jorge Palma (em estreia neste encontro motard) como cabeça de cartaz, e amanhã, em que os Xutos & Pontapés vão estar em palco. Ainda amanhã, realiza-se um outro clássico da concentração: o concurso miss t-shirt molhada. No domingo, de manhã, realiza-se o desfile de agradecimento e despedida, pelas ruas de Faro, antes da também tradicional sardinhada, que encerra o encontro motard. 






Ver comentários
}