Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Cadeia de Setúbal não liberta recluso preso ilegalmente

Direção da prisão esqueceu-se aparentemente de cumprir uma ordem judicial para o libertar.
M.C. 26 de Novembro de 2018 às 10:04
Cadeia de Setúbal
Cadeia de Setúbal
Prisão
Cadeia de Setúbal
Cadeia de Setúbal
Prisão
Cadeia de Setúbal
Cadeia de Setúbal
Prisão
Um recluso da cadeia de Setúbal esteve preso ilegalmente pelo menos durante uma noite, por a direção daquela prisão se ter aparentemente esquecido de cumprir uma ordem judicial para o libertar.

A Direção-Geral dos Serviços Prisionais confirma oficialmente a situação ao CM, adiantando já ter aberto um inquérito interno, comunicando o caso ao Tribunal de Execução de Penas, que também está a investigar.

Os factos remontam, segundo a mesma fonte oficial, ao final da tarde (17h31) de 12 de novembro. A essa hora a direção da cadeia de Setúbal terá recebido, do Tribunal de Execução de Penas, o mandado de libertação do recluso em causa.

No entanto, em vez de dar ordens para que a decisão judicial fosse cumprida, os responsáveis da prisão autorizaram que o mesmo recluso fosse transportado ao Hospital-Prisão de Caxias para uma consulta médica.

Só no dia seguinte, pelas 12h00, é que o detido voltou a Setúbal, e foi então que teve ordem de soltura da pena de prisão que estava a cumprir.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)