Socialista chama "fascista" a deputado do CDS sobre caso de Tancos

PS e CDS-PP envolveram-se numa acesa troca de insultos.
Por Lusa|05.12.18
PS e CDS-PP envolveram-se esta quarta-feira numa acesa troca de insultos por causa dos documentos sobre Tancos na comissão parlamentar de Defesa, uma discussão com acusações de "arruaceiro" e "fascista" e que obrigou a uma breve interrupção dos trabalhos.

Ascenso Simões, do PS, e António Carlos Monteiro, do CDS-PP, protagonizaram o episódio, pouco usual na comissão de Defesa: o deputado centrista disse que Ascenso Simões é "um arruaceiro" e o socialista respondeu-lhe "fascista, o senhor não é dono do parlamento".

Com a crispação e a vozearia entre os dois deputados a aumentar de tom, e falhadas as tentativas de acalmar a situação, alguns deputados começaram a abandonar a sala. Os trabalhos interromperam-se e recomeçaram alguns minutos depois, já depois de serenados os ânimos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!