Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Três detidos por crimes sexuais contra menores

Polícia Judiciária deteve um homem em Cantanhede, outro em Santa Comba Dão e um terceiro em Leiria.
27 de Março de 2015 às 15:58
Os pedófilos detidos pela Polícia Judiciária têm 61 e 79 anos
Os pedófilos detidos pela Polícia Judiciária têm 61 e 79 anos FOTO: Ricardo Cabral
A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira a detenção na região Centro de três homens, todos eles reformados, pela autoria da prática de crimes sexuais que vitimaram quatro menores.

"Um deles, de 79 anos, praticou, de forma reiterada, vários crimes de abuso sexual de crianças de que foi vítima uma menor, de 12 anos, aproveitando-se de uma situação de proximidade afetiva", adianta o comunicado da Diretoria do Centro da PJ, sediada em Coimbra.

Fonte da PJ explicou que, neste caso, ocorrido no concelho de Cantanhede, distrito de Coimbra, o detido, viúvo, foi denunciado às autoridades por vizinhos da menor. 

Amigo da família da vítima
"O arguido, sem antecedentes criminais, é amigo da família da criança há muitos anos, havendo uma relação de grande confiança", referiu a mesma fonte, explicando que os abusos começaram no início do ano quando o homem convenceu a família da menor "a passear e ir a casa dele".

Presente a primeiro interrogatório judicial, o juiz de instrução criminal determinou que o arguido aguardasse o desenrolar do inquérito em liberdade, mas proibido de contactar com a vítima e de frequentar locais onde esta possa estar, obrigando ainda o suspeito a uma caução económica de cinco mil euros.

Recurso à prostituição de menores
Na segunda situação, a PJ refere que o detido, de 61 anos, "praticou, também de forma reiterada, vários crimes de abuso sexual de crianças, de recurso à prostituição de menores e de pornografia de menores, tendo como alvo duas vítimas, atualmente com 15 e 18 anos, aproveitando-se este agressor da débil situação económica da família destas".

A mesma fonte da Judiciária de Coimbra acrescentou que a detenção, na zona de Santa Comba Dão, distrito de Viseu, ocorreu após a denúncia de familiares, sendo as vítimas duas irmãs das quais o suspeito é vizinho. "Aproveitou-se das grandes dificuldades socioeconómicas da família para seduzir as vítimas a troco de roupas, telemóveis e dinheiro, convencendo-as a ter relações sexuais", afirmou.

Segundo este responsável, "os factos começaram há três anos" e o arguido, casado, sem antecedentes criminais, "fotografava ainda os atos sexuais", desconhecendo-se, para já, a eventual aplicação de outras medidas de coação.

Homem inválido detido por abuso sexual
Um terceiro homem, reformado por invalidez, foi detido pela Polícia Judiciária de Leiria por ser suspeito de ter abusado sexualmente de uma criança, anunciou esta qu a polícia.

Segundo a PJ, os factos ocorreram entre os anos de 2013 e 2014, num contexto de relações de afinidade familiar, em Abrantes. O detido, com 33 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para interrogatório e aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.
Polícia Judiciária PJ Cantanhede Coimbra Santa Comba Dão Viseu detidos crimes sexuais menores
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)