Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Encontro sexual acaba à facada

Discussão devido a montante a pagar originou agressão.
Magali Pinto 13 de Fevereiro de 2016 às 18:22
Mulher terá exigido mais dinheiro pelo serviço e o homem não concordou
Mulher terá exigido mais dinheiro pelo serviço e o homem não concordou FOTO: Miguel Veterano Junior
O homem de 52 anos marcou um encontro sexual num local deserto em Marvila, Lisboa. Após um desentendimento, relacionado, ao que tudo indica, com o montante a pagar à mulher que se dedica à prostituição, o homem acabou por ficar ferido com vários golpes de faca no rosto.

O caso ocorreu pelas 03h00 de quinta-feira. A vítima ainda foi para casa a pé, mas quando a mãe viu os ferimentos graves chamou os bombeiros para o filho receber assistência médica. O homem foi levado para o Hospital de S. José, em Lisboa, onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica. Apesar dos ferimentos não corre risco de vida, mas mantém-se internado naquela unidade hospitalar.

A PSP fez várias diligências para conseguir localizar a mulher, que negou todos os factos. Segundo conta o homem, foi marcado um encontro sexual e ficou acordado um valor a pagar à mulher, dando a entender que ela era prostituta.

Antes de o casal ter relações sexuais, a mulher terá exigido mais dinheiro, mas o homem não concordou. Foi nessa altura que se iniciou um confronto físico que acabou com o homem a ser agredido de forma brutal, levando várias facadas no rosto e no pescoço.

Tendo em conta que não houve flagrante delito, a mulher não foi detida pelas autoridades. O caso está agora a ser investigado pela PSP, que tenta apurar se as declarações do ofendido correspondem à verdade.

A PSP foi alertada depois de o homem ter dado entrada no hospital.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)