Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Explicador acusado de abusar de seis meninas

Vítimas de 9 e 10 anos foram atacadas durante as explicações, em Estarreja.
Francisco Manuel 26 de Setembro de 2018 às 01:30
Fabrice Demoulins
Fabrice Demoulins
Fabrice Demoulins
Fabrice Demoulins
Fabrice Demoulins
Fabrice Demoulins
Fabrice Demoulins negou esta terça-feira ao Tribunal de Aveiro os seis crimes de abuso de crianças de que está acusado, justificando que apenas "acarinhava" as meninas de 9 e 10 anos para as confortar. O luso-francês, de 46 anos, foi detido pela PJ de Aveiro em abril de 2016 após a denúncia da mãe de uma das vítimas. O suspeito dava explicações de matemática num centro de estudos numa freguesia do concelho de Estarreja.

"Ele pegava-lhes ao colo e dava-lhes beijos como um ato de carinho", afirmou a mulher do professor durante o julgamento que decorre à porta fechada. A testemunha é também proprietária do centro de estudos. Durante a manhã, foram ouvidas as declarações para memória futura prestadas pelas seis meninas.

"Ele destruiu a vida da minha filha. Sinto uma revolta muito grande e espero que a justiça o condene à prisão", disse ao CM a mãe de uma das meninas. Os abusos terão ocorrido durante três anos e foram descobertos após a denúncia de uma das menores à mãe. Fabrice está em liberdade, mas ficou proibido de dar explicações e de contactar as vítimas.

PORMENORES
Ameaças
As seis vítimas terão sido ameaçadas ao longo dos anos para que mantivessem o silêncio. O explicador dizia às meninas que ninguém iria acreditar na versão delas e que se o denunciassem seria muito pior.

Dupla nacionalidade
O suspeito, de origem francesa, tem dupla nacionalidade. Reside em Portugal há vários anos após ter casado com uma portuguesa e constituído família. Os pais das menores nunca desconfiaram do explicador até uma das menores revelar à mãe o que se passava.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)