Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Gang filma humilhação e agressões a menor

Pai do menor agredido culpa filho e não quer participar caso às autoridades.
Tânia Laranjo 13 de Março de 2017 às 01:30
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Um novo caso de bullying foi filmado este sábado, em Gondomar
Um novo caso de bullying foi filmado este sábado, em Gondomar
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Um novo caso de bullying foi filmado este sábado, em Gondomar
Um novo caso de bullying foi filmado este sábado, em Gondomar
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Jovem de 15 anos foi agredido por dois rapazes de 16, em Fânzeres, Gondomar. Dois vídeos foram publicados num grupo privado do Facebook
Um novo caso de bullying foi filmado este sábado, em Gondomar
Um novo caso de bullying foi filmado este sábado, em Gondomar
Dois rapazes, já com 16 anos, agrediram de forma violenta um rapaz mais novo. A vítima tem 15 anos, mas apresenta várias debilidades. É bastante mais baixo, franzino e está assustado.

Chora desalmadamente enquanto os mais velhos lhe batem. Depois, levam-no para um campo onde lhe continuam a bater e obrigam-no a entrar numa loja, para roubar.

A agressão violenta acontece em Fânzeres, Gondomar, mas os pais não apresentaram queixa. O pai, aliás, contactado pelo CM, culpou o filho por ter sido espancado. A mãe, doente oncológica, não escondia o medo do marido. O rapaz e a irmã, também menor, mostravam-se igualmente em pânico, perante as ameaças verbais do pai que teme a intervenção da Comissão de Proteção de Menores.

Os dois vídeos desta agressão foram publicados num grupo privado do Facebook. Um grupo denominado KFS e onde durante o dia de sábado os agressores se ‘gabaram’ do que tinham feito’. O menino, por seu turno, escreveu que ‘só queria morrer’.

"A minha filha mostrou-me o vídeo e eu não podia ficar calada. Falei com os rapazes e depois também tentei falar com a família do menino. Mas também não fui bem recebida. O pai estava alcoolizado e culpou o filho por ter sido agredido. A mulher estava muito assustada, o menino também disse que tinha chegado a casa sem camisola porque eles lhe tinham rasgado a roupa. Ele tinha escondido dos pais, porque tinha medo da reação deles", contou ao CM a mãe que denunciou o caso.

A verdade é que as páginas de Facebook dos agressores são um hino à violência. Partilham versos a incentivar as agressões e vangloriam-se, em poses muito violentas. Denominam-se os ‘bandidos’. São uns ‘heróis’, precisamente por imporem a lei do medo e do terror.
gang humilhação agressões menor gondomar Fânzeres
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)