Gang perigoso julgado com polícia em alerta

Elites da PSP e das prisões vão vigiar Lohrmann e Maidana.
Por Sérgio A. Vitorino|12.03.18
CMTV mostra imagens exclusivas de gang que roubava bancos em Lisboa
A PSP e os serviços prisionais vão reforçar a segurança no interior e exterior do Tribunal de Loures, esta segunda-feira à tarde, para o início do julgamento dos 5 homens acusados de assaltarem quatro bancos em Odivelas e Cascais, entre 2014 e 2016. Entre estes está a dupla Rodolfo Lohrmann e José Maidana, desde há 20 anos conhecida na América do Sul e vários países europeus por roubos extremamente violentos, raptos, extorsões e homicídios.

O grupo criminoso foi apanhado em novembro de 2016 pela Unidade Nacional Contraterrorismo da PJ, em Aveiro. Lohrmann era o cabecilha e Maidana o ‘fiel escudeiro’. Estão ambos na cadeia de alta segurança de Monsanto, onde há poucas semanas Maidana tentou a fuga. O próprio Lohrmann encontrava-se evadido de uma cadeia de alta segurança da Bulgária, de onde fugiu com um homicida, por um túnel, vindo imediatamente para Portugal, em meados de 2014.

Esses episódios de fugas, a par do passado violento dos dois homens - raptaram dois jovens na Argentina e executaram-nos a tiro após terem recebido o resgate de 250 mil euros por cada vítima - levaram ao pedido para reforço da segurança. Não apenas da PSP, através da Unidade Especial de Polícia, mas também do Grupo de Intervenção e Segurança Prisional, unidade de elite da guarda das cadeias.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!