Homem abusa da filha de amigo morto

Usou a morte do amigo para se aproximar da viúva e da criança.
Por Miguel Curado|21.11.18
Mal o amigo morreu, em janeiro deste ano, começou a aproximar-se da viúva deste, e da filha menor, com apenas oito anos. Depois aproveitou todas as oportunidades para, durante três meses consecutivos, abusar sexualmente da criança.

Os crimes, cometidos nos concelhos de Almada e Seixal, foram descobertos apenas depois de a vítima confessar à avó, o que levou à detenção do predador sexual, de 34 anos, pela PJ de Setúbal.

O detido é casado e tem um filho menor. No entanto, mal o amigo faleceu começou a deslocar-se a casa da viúva deste, em Corroios. Conseguiu ganhar a confiança da mulher, ao ponto de a viúva lhe confiar a filha durante breves ausências de casa. Os abusos sexuais, que nunca incluíram penetração, ocorriam sempre nesses momentos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!