Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Fogo em Braga mata antigo polícia

Fogo terá sido causado por cigarro. Idoso, 83 anos, morreu na sala de estar.
Liliana Rodrigues 31 de Maio de 2015 às 09:22
Familiares do idoso, que foi encontrado já sem vida dentro de casa, ficaram em choque
Familiares do idoso, que foi encontrado já sem vida dentro de casa, ficaram em choque FOTO: Nuno Fernandes Veiga
Sozinho em casa, não se terá apercebido a tempo de que o sofá estava a arder. Rapidamente, as chamas tomaram também os móveis da sala de estar do apartamento onde Custódio Matos, de 83 anos, vivia sozinho há alguns anos, em S. Vítor, Braga. O agente da PSP reformado acabou por morrer, apesar da rápida chegada do socorro. Foi encontrado deitado no chão.

"Vi o fumo e o meu marido começou logo a ligar para o 112 a pedir ajuda", contou uma vizinha da vítima, que vivia num apartamento na cave do prédio n.º 80 da rua Dr. Elísio Moura. Faltavam poucos minutos para as 09h00 de ontem. "Alguns moradores foram a correr chamar a neta, que vive aqui perto e tem as chaves. Quando abriram a porta, o fumo já era muito forte", explicou a mesma moradora.

A PJ de Braga foi chamada ao local para investigar. A hipótese de o fogo ter sido causado por um cigarro é a mais provável. "Rapidamente, fizemos a busca e, quando encontrámos a vítima, precisamente no compartimento que estava a arder, já toda a mobília estava em chamas", explicou Francisco Braga, chefe de equipa dos Sapadores de Braga. "Havia muito fumo espalhado pela casa. Ele já estava cadáver, e bastava o fumo para tornar qualquer tentativa de reanimação muito difícil", rematou. O funeral terá honras da PSP.

Custódio Matos S. Vítor PSP Braga PJ Sapadores de Braga acidentes e desastres morte
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)