Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Incêndio mata idoso que morava sozinho

Fogo terá deflagrado na lareira da vítima, de 86 anos.
Fátima Vilaça 27 de Janeiro de 2016 às 18:06
Casa foi totalmente consumida pelas chamas, de madrugada. Avelino Vieira (em baixo) não conseguiu escapar ao fogo
Casa foi totalmente consumida pelas chamas, de madrugada. Avelino Vieira (em baixo) não conseguiu escapar ao fogo
Os sinos tocaram a rebate, a pedir socorro para Avelino Vieira, de 86 anos, quando a casa em que este morava sozinho, no lugar de Assento, em Valdozende, Terras de Bouro, estava a ser consumida pelas chamas, ontem de madrugada. O idoso acabou por morrer. A habitação ficou totalmente destruída.

Não se sabe ao certo a origem do sinistro, mas os vizinhos e os bombeiros dão como praticamente certo o facto de o fogo ter alastrado a partir da lareira, que o idoso mantinha todas as noites acesa para se aquecer.

Pelas 03h50, o barulho de vidros a quebrar de forma violenta acordou os vizinhos que, por todos os meios, tentaram combater o fogo. Até à chegada dos bombeiros, tentaram evitar que o incêndio alastrasse para as casas vizinhas. Não conseguiram salvar a vida do octogenário.

"Ouvi um grande estrondo, levantei-me e, ao ouvir uma senhora a gritar por fogo, corri aqui para o lugar, mas a casa já estava toda a arder", disse ao Correio da Manhã Ricardo Lisboa, um dos vizinhos que ajudou no combate às chamas. A casa ficou totalmente destruída e o corpo de Avelino Vieira foi encontrado, já sem vida, junto à porta da habitação.

O incêndio foi combatido por bombeiros voluntários das corporações de Terras de Bouro, Amares e Vieira do Minho.

No local estiveram também inspetores da Polícia Judiciária de Braga. Apesar de não haver indícios de crime, prosseguem com a investigação ao incêndio fatal.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)