Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

"Incidente é um rombo que temos de superar", Augusto Santos Silva sobre morte de Ihor

Ministro dos Negócios Estranjeiros comentou esta terça-feira a morte do cidadão ucraniano no Aeroporto de Lisboa.
Lusa 15 de Dezembro de 2020 às 13:08
Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros
Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros FOTO: António Pedro Santos
O ministro dos Negócios Estranjeiros defendeu hoje que a morte do cidadão ucraniano Ihor Homenyuk nas instalações do SEF é "um rombo" que o Estado tem de "superar" sendo "infatigável e implacável" no apuramento das responsabilidades.

Numa entrevista à Lusa, que será divulgada na quarta-feira, Augusto Santos Silva recusou também que o ministro da Administração Interna tenha ficado fragilizado, quando Portugal se prepara para assumir a presidência rotativa da União Europeia, na qual Eduardo Cabrita presidirá ao Conselho de Assuntos Internos da UE.

"Evidentemente que este incidente é um rombo, como bem disse o ministro da Administração Interna, falando por todos nós, foi um murro no estômago, que temos de superar sendo infatigáveis e implacáveis no apuramento da verdade e no apuramento das responsabilidades", disse Augusto Santos Silva.

Augusto Santos Silva Ihor Ihor Homenyuk Estado SEF economia negócios e finanças crime lei e justiça
Ver comentários