Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Guilherme morreu afogado aos dois anos. Mãe relata dor sem igual

Sónia conta que teve que ver o corpo da criança e tocar-lhe para acreditar que o menino tinha de facto morrido.
Janete Frazão 29 de Abril de 2019 às 21:22
A carregar o vídeo ...
Sónia conta que teve que ver o corpo da criança e tocar-lhe para acreditar que o menino tinha de facto morrido.

Neste Investigação CM revelamos-lhe o testemunho emocionante de uma mãe que já este ano perdeu o filho de dois anos por afogamento.

Uma dor sem igual, relatada na primeira pessoa por esta mãe, em exclusivo.

Sónia Moutinho recorda com dor o dia em que recebeu a notícia trágica da morte do filho Guilherme, de dois anos. Esta mãe conta que teve que ver o corpo da criança e tocar-lhe para acreditar que o menino tinha de facto morrido.

Sónia diz que as saudades de Guilherme aumentam todos os dias e conta que a dor de perder um filho é avassaladora.

Guilherme morreu afogado em janeiro deste ano.

O menino de dois anos tinha viajado com o pai para umas curtas férias para conhecer os avós paternos no Brasil mas a viagem de sonho tornou-se numa tragédia para toda a família.

Brasil Investigação Sónia Moutinho Guilherme questões sociais morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)