Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Matou vizinho com canivete

Mário Campos desferiu vários golpes a Fernando Faustino.
Ana Isabel Fonseca e Nelson Rodrigues 13 de Novembro de 2015 às 13:22
Fernando Faustino (foto pequena), de 53 anos, foi assassinado no exterior do prédio que partilhava com o vizinho de baixo, em Arcozelo. Suspeito está na cadeia
Fernando Faustino (foto pequena), de 53 anos, foi assassinado no exterior do prédio que partilhava com o vizinho de baixo, em Arcozelo. Suspeito está na cadeia FOTO: CMTV
Com um canivete, Mário Campos desferiu vários golpes no corpo do vizinho Fernando Faustino, de 53 anos. Atingiu-o nas costas, no pescoço, na barriga e no peito, acabando por provocar a sua morte. A violenta agressão ocorreu a 23 de maio deste ano, em Arcozelo, Vila Nova de Gaia, na sequência de discussões antigas. Seis meses após o crime, Mário Campos foi formalmente acusado de homicídio qualificado.

Segundo o Ministério Público, o caso teve lugar no pátio do prédio que o homicida e a vítima partilhavam – Mário vivia no rés do chão e Fernando no 1º andar. Tinham, há vários anos, discussões relacionadas com a má convivência. Uma das queixas da vítima era a de que o homicida fazia muito barulho. Precisamente durante mais um confronto verbal, Fernando foi assassinado. A vítima ainda chegou a ser transportada para o hospital, mas não resistiu aos graves ferimentos.

Na altura do crime, Mário Campos alegou às autoridades que tinha agido em legítima defesa. Disse que foi Fernando Faustino que inicialmente o atacou e que apenas usou o canivete para se proteger. O homicida acabou por ser detido pela Polícia Judiciária do Porto, no mesmo dia do brutal ataque. Encontra-se a aguardar julgamento em prisão preventiva.
Mário Campos vizinho matou golpes homicídio Fernando Faustino canivete Arcozelo Vila Nova de Gaia
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)