Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Morto ao criticar pedido de bagaço

Operário da construção civil matou um colega de empresa à facada.
N.R. 16 de Novembro de 2016 às 08:36
Tribunal São João Novo, no Porto
Tribunal São João Novo, no Porto FOTO: Rafaela Cadilhe
O Ministério Público do Tribunal de São João Novo, no Porto, pediu esta terça-feira uma pena de cadeia entre os 16 e os 18 anos para Sérgio Sousa, operário da construção civil que em agosto de 2015 matou à facada um colega de empresa, quando almoçavam num restaurante, na rua da Restauração, no Porto.

Na origem do crime terá estado o facto de a vítima, José Sousa, de 49 anos, ter criticado o homicida por ter pedido um bagaço a seguir à refeição. O julgamento tem tribunal de júri.
Ministério Público Tribunal de São João Novo Sérgio Sousa José Sousa crime morte homicídio bagaço
Ver comentários