Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Neto em fúria usa cajado para espancar avó de 95 anos no Alentejo

Agressor procurou outro alvo para a violência e "desferiu murros e socos no tio, de 55 anos, que padece de anomalia psíquica".
Cláudia Machado e Miguel Curado 17 de Maio de 2020 às 11:30
Idosa
Idosa FOTO: Getty Images

Furioso e após mais uma discussão familiar, o homem, de 33 anos, agarrou num cajado e espancou brutalmente a avó, de 95 anos, na casa onde ambos vivem em Vale de Seda, no concelho de Fronteira.

Depois de agredir a idosa, com  "um número não apurado de cajadadas", procurou outro alvo para a violência e "desferiu murros e socos no tio, de 55 anos, que padece de anomalia psíquica, causando a sua queda", revelou a Procuradoria da Comarca de Portalegre.

O terror da avó e do tio só teve fim na sexta-feira, quando o Núcleo de Investigação e de Apoio a Vitimas Específicas da GNR de Portalegre, apoiado por militares do Posto de Fronteira, avançou para a detenção do agressor.

O homem era investigado há algum tempo pelas autoridades e tinha antecedentes por este tipo de crimes. No último ataque aos familiares, vítimas especialmente vulneráveis face à idade e doença mental, foi de tal forma violento que ambos tiveram de ser hospitalizados.

Presente a um juiz e indiciado por dois crimes de violência doméstica, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva devido ao "perigo" de voltar a espancar a família

Neto Alentejo Vale de Seda Fronteira crime lei e justiça questões sociais crime homicídio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)