Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

"O meu irmão não é um monstro"

Irmã de Pedro Dias falou com o CM e saiu em defesa do homicida.
Ágata Rodrigues 13 de Outubro de 2016 às 09:00
pedro dias novo e velho, gnr, aguiar da beira, assassino, fugitivo
Várzea é a localidade da quinta de Pedro Dias
pedro dias novo e velho, gnr, aguiar da beira, assassino, fugitivo
Várzea é a localidade da quinta de Pedro Dias
pedro dias novo e velho, gnr, aguiar da beira, assassino, fugitivo
Várzea é a localidade da quinta de Pedro Dias
A família de Pedro Dias, que reside numa casa no centro de Arouca, esteve durante todo o dia de ontem recolhida, com portas e janelas fechadas, mas a irmã falou ao CM para sair em defesa do homicida. "O meu irmão não é um monstro", disse. Na cidade todos falam do assunto e garantem que a família "tentava evitar" as confusões em que Pedro se envolvia com frequência.

O homicida, de 44 anos, cresceu em Arouca e desde tenra idade começou a criar problemas que resvalaram para a pequena criminalidade. Esteve na África do Sul, onde recebeu treino militar e, de regresso a Portugal, abriu uma empresa de criação de animais e explorava uma quinta em Várzea, Arouca, onde há dois anos a GNR apreendeu armas, diversas munições e animais exóticos.

"O Pedro já chegou a cortar uns pinheiros que não eram dele e vendeu-os. Ele fazia esse tipo de coisas, mas a família amparava as confusões", diz ao CM Adelino Pinho, amigo da família, uma das mais conhecidas da cidade. "Ele não precisava de roubar nem de fazer estas coisas porque a família tem grandes possibilidades – o pai é engenheiro agrónomo e a mãe professora –, mas era conflituoso. Muita gente aqui da terra, pela consideração que tinha pela família, deixava passar certas coisas", remata.

Pedro Dias, que tem licença de pilotagem de aviões, estava a viver em Fornos de Algodres, na Guarda, com a namorada e o filho bebé, de 6 meses. Tem outra filha de 14 anos.
Pedro Dias Arouca África do Sul Portugal GNR Adelino Pinho Fornos de Algodres Guarda crime homicídio
Ver comentários