O que saber da greve dos guardas prisionais que vai condicionar reclusos até janeiro

Visitas e festas de Natal dos reclusos condicionadas até 6 de janeiro, num período de tensão que já levou a um motim em Lisboa e protestos noutras prisões.
Por Lusa|06.12.18
  • partilhe
  • 3
  • +
Greves de guardas prisionais, uma delas iniciada esta quinta-feira, podem condicionar visitas e festas de Natal dos reclusos até 06 de janeiro, num período de tensão que já levou a um motim em Lisboa e protestos noutras prisões.

Quais são as reivindicações dos guardas prisionais? 

Está em causa a conclusão da revisão do estatuto profissional, nomeadamente a atualização da tabela remuneratória, a criação de novas categorias, em que os guardas prisionais exigem equiparação à PSP, e um novo subsídio de turno.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!