Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Obra do Mercado Municipal de Braga derrapa 500 mil euros

Erros do projeto atiram a fatura para mais de sete milhões.
Secundino Cunha 10 de Fevereiro de 2020 às 08:13
Mercado Municipal de Braga
Mercado Municipal de Braga FOTO: Direitos Reservados
É o assunto quente da reunião da Câmara de Braga desta segunda-feira. Os vereadores vão votar, e muito provavelmente aprovar, o terceiro pacote de obras a mais na empreitada do Mercado Municipal de Braga.

Desta vez, são 86 mil euros em trabalhos não previstos no projeto de arquitetura elaborado pelos serviços do município. O problema é que, somando todas as correções, a verba já ultrapassa os 500 mil euros mais IVA.

A obra de requalificação do mercado municipal, no centro da cidade, foi adjudicada em 2018 por 5,7 milhões de euros (valor com IVA incluído), mas quando for somada a fatura das diversas derrapagens o valor rondará os sete milhões.

Só decorrentes dos erros do projeto, a câmara já teve de adiantar mais de 300 mil euros, o que é considerado pela oposição "um valor absurdo".
Aliás, os vereadores do PS, que sublinham ser "inadmissível que os serviços da câmara elaborem um projeto com erros tão graves", admitem que a derrapagem, no final da obra, venha a ser superior a um milhão de euros.

Por seu lado, o presidente da câmara, Ricardo Rio, alega que os trabalhos a mais decorrem da dimensão da obra e de imprevistos "normais num projeto desta envergadura".

Mas, para além do valor, a obra vai derrapar também nos prazos. A conclusão estava prevista para finais deste mês, mas só deve ter lugar em julho. O aluguer das tendas onde o mercado funciona deve disparar para mais de 750 mil euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)