Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Polícia julgado por sequestro

Agente em tribunal pelo sequestro da filha Alice.
Rui Pando Gomes 31 de Agosto de 2015 às 21:04
Paulo Guiomar e Maria Dolores (dir.) foram detidos pela PJ pelo sequestro de Alice
Paulo Guiomar e Maria Dolores (dir.) foram detidos pela PJ pelo sequestro de Alice FOTO: Pedro Noel da Luz
Paulo Guiomar, o agente da Polícia Marítima de Tavira que fugiu com a filha Alice para a Bélgica, vai começar a ser julgado pelo crime de sequestro da menor no Tribunal de Faro.

A primeira sessão de julgamento, ao que o CM apurou, está marcada para a próxima quarta-feira. O agente, que está em prisão preventiva na cadeia de Évora, está ainda acusado de abandono de funções e detenção ilegal de arma. A mãe, Maria Dolores, está acusada de sequestro.

Paulo Guiomar não entregou a filha à mãe, que tinha a sua custódia legal, no dia 12 de outubro de 2012, como estava estipulado pelo Tribunal de Família e Menores. Segundo a acusação do Ministério Público (MP), que o CM consultou, o agente e a mãe executaram "um plano que tinham delineado previamente", passando por vários hotéis do país e em casas na Bélgica. As estadias eram sempre curtas para "não serem localizados pelas autoridades". Os arguidos vestiam a menor com "vestuário do tipo masculino, cortaram-lhe o cabelo e chamavam-lhe Sara". Alice, segundo o MP, foi mantida "em local reservado" e privada de "frequentar locais públicos".

O agente e a mãe foram detidos pela Polícia Judiciária em setembro de 2014. O agente alegou que quis proteger a filha de alegados maus-tratos da mãe.
polícia julgado sequestro polícia marítima Alice Paulo Guiomar
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)