Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Prostituição dava 150 euros por dia

Homem aterrorizava e obrigava vítimas a pagarem taxa diária.
Liliana Rodrigues 19 de Maio de 2016 às 08:28
Homem extorquiu dinheiro a prostitutas que trabalham junto à estrada
Homem extorquiu dinheiro a prostitutas que trabalham junto à estrada FOTO: Getty Images
Durante pelo menos um ano, extorquiu dinheiro a cinco prostitutas que trabalham junto à estrada em Burgueiros, Fafe. Cada uma tinha de pagar, diariamente, 30 euros, mesmo que não fizesse qualquer serviço. O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Guimarães deteve o arguido – por lenocínio e extorsão – e levou-o a tribunal.

O homem, de 50 anos, que reside em Espinho, concelho de Braga, foi libertado, ontem à tarde, pelo juiz de Instrução Criminal de Fafe. Está proibido de contactar com prostitutas, de frequentar lugares públicos, estabelecimentos comerciais ou de diversão noturna frequentados por mulheres conotadas com aquela prática.

O juiz determinou ainda que não pode deslocar-se à localidade de Burgueiros, onde aterrorizava as vítimas, e que tem de se apresentar todas as quartas-feiras na GNR de Braga.

O arguido recebia, diariamente, 150 euros das vítimas, que ameaçava de agressão física, caso se recusassem a pagar a taxa diária que ele próprio tinha fixado para que pudessem trabalhar naquela zona do concelho de Fafe.

Segundo a investigação do NIC, quando as mulheres negavam pagar os 30 euros, o suspeito levava outras mulheres e obrigava-as a agredir as prostitutas que não pagavam. Implementou um clima de terror tal que as mulheres acabaram por apresentar queixa na GNR, tendo a investigação vigiado os passos do arguido a quem apreenderam em casa 1560 euros e dois telemóveis.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)