Queda de 15 metros mata ex-chefe dos bombeiros

José da Luz Antunes, de 68 anos, estava sozinho a podar árvore quando sofreu queda, em Guimarães.
Por Fátima Vilaça|20.03.19

José da Luz Antunes, de 68 anos, estava aposentado há vários anos, mas mantinha-se sempre ativo. Ontem de manhã, ainda antes das 08h00, o antigo chefe dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave, em Famalicão, morreu na sequência de uma queda de mais de 15 metros. José Antunes estava a podar uma árvore nas traseiras da casa onde vivia com a família, em Serzedelo, Guimarães. Caiu no logradouro de uma empresa têxtil. Morreu no local.

Ontem, o ambiente era de grande consternação na corporação que durante anos foi a segunda casa de José da Luz Antunes. Os Bombeiros de Riba de Ave foram os primeiros a prestar o socorro ao homem, quando ontem, às 07h50, receberem o alerta para uma queda em altura. Ficaram em choque ao reconhecerem a vítima no local.

As circunstâncias em que José Antunes caiu estão ainda por apurar. Sabe-se apenas que estava sozinho quando sofreu o acidente. Caiu de um muro para o logradouro da têxtil Crispim e Abreu e foi um funcionário desta empresa que o encontrou inanimado no chão. Bombeiros e equipa médica do INEM ainda tentaram manobras de reanimação, sem sucesso.

Quadro de honra serviu durante 40 anos

A ligação da família de José Antunes aos Bombeiros de Riba de Ave é bastante antiga. Irmão do antigo comandante da corporação, Manuel Antunes, o bombeiro que há três anos passou ao quadro de honra da corporação, por ter ultrapassado os 65 anos, serviu aquela população durante mais de 40 anos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!