Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Terrorista condenado a 12 anos de prisão morre na cadeia de Monsanto

Abdesselam Tazi foi preso por recrutar em Portugal operacionais para o grupo radical Daesh. Não resistiu a paragem cardíaca.
Tânia Laranjo 3 de Setembro de 2021 às 08:54
Abdesselam Tazi morreu na cadeia de Monsanto
Abdesselam Tazi morreu na cadeia de Monsanto FOTO: CMTV
Abdesselam Tazi tinha 65 anos e morreu na cadeia de Monsanto. Esperava decisão sobre o recurso de uma condenação de 12 anos, na prisão de alta segurança, quando não resistiu a uma paragem cardíaca.

Abdesselam Tazi foi condenado por recrutar em Portugal operacionais para o grupo radical Daesh. Foi condenado por sete crimes: falsificação com vista ao terrorismo, recrutamento para o terrorismo, financiamento do terrorismo e quatro de uso de documento falso com vista ao financiamento do terrorismo.

Em 9 de julho de 2019, o Tribunal Central Criminal de Lisboa tinha-o condenado, em cúmulo jurídico, à pena única de 12 anos de prisão. O advogado Lopes Guerreiro ainda recorreu da sentença de primeira instância para o Tribunal da Relação de Lisboa, mas o acórdão foi adiado. Estava marcado para duas semanas depois da data da morte - Tazi morreu a 8 de janeiro, a decisão seria a 22 do mesmo mês.

Monsanto Abdesselam Tazi crime lei e justiça punição / sentença
Ver comentários