Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Tio e avô abusam de irmãs menores

Crianças, com 10 e 11 anos, foram abusadas durante dois anos.
Luís Oliveira 26 de Junho de 2018 às 08:32
Menina
Menina
Menina
Menina
Menina
Menina
Menina
Menina
Menina
Dois homens, pai e filho, de 60 e 18 anos, foram detidos pela Polícia Judiciária do Centro por suspeitas de terem abusado sexualmente de duas irmãs de 10 e 11 anos, suas netas e sobrinhas, respetivamente. Os crimes aconteceram na casa do suspeito mais velho, nos arredores de Coimbra.

Segundo o CM apurou, as duas irmãs foram vítimas de abusos sexuais graves durante dois anos e sofreram em silêncio. Na semana passada, uma delas contou à mãe os abusos sexuais de que foi vítima. A outra irmã confirmou que também tinha sido abusada várias vezes.

Os crimes aconteceram sempre que as duas menores eram deixadas na casa dos suspeitos, que se aproveitavam da relação de confiança com as menores.

A mãe ficou em choque com o que ouviu até porque os suspeitos apontados pelas vítimas são o seu pai e irmão. A progenitora, ainda assim, fez queixa às autoridades policiais. Os inspetores da Polícia Judiciária avançaram para o terreno e reuniram provas suficientes que levaram à detenção de pai e filho, na passada quinta-feira, dia 21.

Os dois valeram-se dos momentos em que ficavam sozinhos com as duas irmãs menores e abusaram delas. Segundo o que fonte policial adiantou ao CM, os dois suspeitos não sabiam do comportamento criminoso de ambos pelo que nunca terão abusado das vítimas em simultâneo.

Pai e filho foram ouvidos por um juiz de instrução do tribunal de Coimbra que lhes determinou a medida de coação mais gravosa - prisão preventiva até serem julgados.
irmão Polícia Judiciária do Centro Coimbra crime lei e justiça crime crimes sexuais questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)