Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Traficantes foram "avisados por Macedo" na operação Aquiles

Inspetor-chefe Ricardo Macedo "foi escutado a avisar os suspeitos, que não foram presos".
M.C. 27 de Fevereiro de 2019 às 08:52
A carregar o vídeo ...
Inspetor-chefe Ricardo Macedo "foi escutado a avisar os suspeitos, que não foram presos".
O inspetor-chefe da PJ que esteve na investigação da operação Aquiles disse esta terça-feira em tribunal que o ex-coordenador Dias Santos e o inspetor-chefe Ricardo Macedo, da PJ, principais arguidos, "foram apanhados a colaborar com traficantes".

No caso de Dias Santos, Bruno Lopes disse haver escutas que o ligam a Carlos Gregório, traficante também acusado.

Já sobre Macedo, o responsável referiu que a PJ, "em 2013, apreendeu 800 quilos de cocaína, à terceira tentativa. O inspetor-chefe Macedo foi escutado a avisar os suspeitos, que não foram presos".

A perguntas de Melo Alves, advogado de Dias Santos, Bruno Lopes admitiu que a PJ "não tem provas de subornos a Dias Santos".

"É uma conclusão baseada em dados bancários", concluiu.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)