Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Meios de socorro de prevenção nos Açores prontos para "Helene"

Tempestade tropical deverá afetar os Açores a partir de sábado.
14 de Setembro de 2018 às 15:26
Açores
Baía de Santa Maria, nos Açores
Ilha de São Jorge, nos Açores
Açores
Açores
Baía de Santa Maria, nos Açores
Ilha de São Jorge, nos Açores
Açores
Açores
Baía de Santa Maria, nos Açores
Ilha de São Jorge, nos Açores
Açores
A Proteção Civil dos Açores vai reforçar esta sexta-feira os meios humanos no grupo ocidental, enviando um dispositivo operacional e uma equipa da direcção regional de Saúde para as Flores e Corvo por causa da tempestade "Helene".

Num comunicado enviado às redações, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) adianta ainda que "as diversas entidades com responsabilidade no âmbito da Proteção Civil estarão todas de prevenção a partir de sábado, nomeadamente os Serviços Municipais de Proteção Civil, as direções regionais das Obras Públicas e Comunicações, do Ambiente e da Saúde, assim como todas as 17 corporações de bombeiros da região".

O SRPCBA salienta que, "de acordo com a informação transmitida pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), esta situação não deverá causar alarmismo, desde que sejam tidas em conta as informações oficiais transmitidas pela Proteção Civil e pelo IPMA, bem como a adoção de medidas de autoproteção em caso de tempestade, tal como é recomendado pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores".

De acordo com o IPMA, a tempestade tropical "Helene" deverá afetar os Açores a partir de sábado, começando por atingir o grupo ocidental.

As duas ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo) vão estar sob aviso vermelho, relativo a precipitação, que vigora a partir das 12:00 de sábado e que se poderá estender a todo o dia de domingo.

Para o grupo central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial), o IPMA emitiu um aviso laranja, que vigora a partir das 09:00 de sábado até às 09:00 de domingo.

O IPMA refere ainda que o vento médio esperado é de 90 quilómetros por hora e as rajadas poderão atingir os 120 quilómetros por hora.

Assim, foram emitidos avisos laranja, referentes à intensidade do vento, para os grupos ocidental e central.

A tempestade tropical "Helene", que se encontra a cerca de 1.000 quilómetros a sul das Flores, vai também provocar, a partir de sábado, ondas de oito a 10 metros que, de acordo com o IPMA, irão atingir, sobretudo, a costa sul das ilhas do grupo ocidental e das ilhas do "Triângulo" (São Jorge, Pico e Faial), acrescenta a Proteção Civil.

Na mais recente atualização, o IPMA referia que o ciclone "Helene", que já foi um furacão de categoria 2, está agora classificado como tempestade tropical, devendo tornar-se nas próximas 48 horas num ciclone extratropical.
Proteção Civil Obras Ambiente Açores Serviços Municipais de Proteção Civil Saúde Helene Corvo Pico IPMA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)