Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Portugal adere a pacto europeu para reduzir plásticos nas embalagens

Objetivo é aumentar a reciclagem e reduzir o uso de plástico virgem em 2025.
Lusa 6 de Março de 2020 às 14:58
Plástico é um dos resíduos  mais encontrados no mar. Programa de recolha tem também essa preocupação
Plástico
Plástico
Plástico é um dos resíduos  mais encontrados no mar. Programa de recolha tem também essa preocupação
Plástico
Plástico
Plástico é um dos resíduos  mais encontrados no mar. Programa de recolha tem também essa preocupação
Plástico
Plástico
Portugal aderiu esta sexta-feira a um pacto europeu para os plásticos que compromete o País com o objetivo de aumentar a reciclagem e reduzir o uso de plástico virgem em 2025.

Em declarações à agência Lusa, o ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, afirmou que se pretende acabar com o plástico de uso único a partir da conceção das embalagens, declarando que "é irracional fabricar bens de uso único com um material indestrutível".

João Pedro Matos Fernandes destacou que "não é um pacto contra os plásticos, mas a pensar no futuro dos plásticos, para que não sejam de uso único" e que se pense em favorecer a reciclagem.

"A mais banal garrafa de água de 33 centilitros tem três tipos de plástico: um para o corpo da garrafa, um para o rótulo e um para a tampa", indicou, defendendo que racionar o uso do material começa em "quem concebe, produz e distribui".

É preciso "projetar todos os produtos para serem sempre reutilizáveis e, no limite, recicláveis", defendeu, referindo que Portugal tem o seu próprio pacto nacional para os plásticos com objetivos semelhantes, uma iniciativa assinada este ano e apoiada pelo governo a que aderiram mais de 50 parceiros, entre autarquias, empresas ou universidades.

As metas até 2025 contempladas no pacto, uma iniciativa lançada pela fundação Ellen Macarthur, incluem reduzir a produção de plástico virgem em pelo menos 20%, aumento de 25 pontos percentuais na capacidade de reciclagem de todos os plásticos de embalagem e uso único, incluir pelo menos 30% de plástico reciclado nas embalagens descartáveis.

Este pacto europeu é o primeiro do género a nível regional e inclui 16 países da União e mais de 70 empresas de grande dimensão.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)