Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Açúcar a mais alvo de alertas

Programa Nacional para a Diabetes defende mais controlo.
Teresa Oliveira 31 de Agosto de 2015 às 01:00
Coordenador do Programa Nacional para a Diabetes defende mais controlo nos produtos
Coordenador do Programa Nacional para a Diabetes defende mais controlo nos produtos FOTO: REUTERS/Mario Anzuoni
Há um milhão de portugueses com diabetes e dois milhões em risco de vir a sofrer da doença. O excesso de açúcar na alimentação potencia as doenças cardiovasculares, o cancro e a obesidade. Por isso, José Manuel Boavida, coordenador do Programa Nacional para a Diabetes, defende a inclusão de alertas nas bebidas com elevado teor de açúcar, mas também nos produtos com sal, a par do que já acontece com os maços de tabaco.

"Há países que utilizam rótulos amarelos ou vermelhos nos alimentos com adição de açúcar. Esta é uma hipótese, pois a adição é tão ou mais grave quanto a do tabaco, porque as crianças começam cedo a consumir alimentos com açúcar", explica.

José Manuel Boavida reclama ainda o fim da publicidade nas rádios e televisões, entre as 7 e as 22 horas, a alimentos nocivos, e que deve ser proibida a utilização de personagens que aliciam os menores. "Deve ser proibida a comercialização destes produtos com a oferta de brindes ou de super- -heróis", exemplifica. A diabetes mata quase cinco mil portugueses por ano.

açúcar alvo aletas diabetes produtos Programa Nacional para a Diabetes
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)