Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Animais de companhia deixam de estar sob a tutela da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária

Anúncio foi feito na audição parlamentar na Comissão de Agricultura e Mar pela ministra Maria do Céu Antunes.
Lusa 30 de Julho de 2020 às 20:16
Animais
Animais FOTO: Getty Images/istockphotos
A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, anunciou esta quinta-feira que os animais de companhia vão deixar de estar sob a alçada da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), passando para a tutela do ministério do Ambiente.

O anúncio foi feito na audição parlamentar na Comissão de Agricultura e Mar, a requerimento do BE e da deputada Não Inscrita Cristina Rodrigues, sobre a morte de sete dezenas e meia de animais nos abrigos ilegais 'Cantinho das Quatro Patas' e 'Abrigo de Paredes', na serra da Agrela, concelho de Santo Tirso, na sequência do incêndio no fim de semana de 18 e 19 de julho.

A Governante justificou a decisão com o universo de quase 2 milhões e 750 mil animais de companhia registados no sistema, "um número imenso", explicando que esta vertente dos animais de companhia possa ser tratada "independentemente", e que a DGAV se deve centrar naquilo que diz respeito ao bem-estar dos animais de produção, "que abastecem os sistemas alimentares", assumindo o compromisso de reforçar o efetivo de 305 médicos-veterinários da DGAV.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)