Sub-categorias

Notícia

Associações contra limpeza de matas à pressa

Preço médio da limpeza passou de 900 para 1200 euros por hectare.
Por Secundino Cunha|11.03.18
Mais de uma dezena de associações florestais fizeram saber ao Ministério da Agricultura que o prazo de 15 de março é "errado" e que o mais acertado seria alargar o período de limpeza das matas e florestas até finais de maio. As associações consideraram que "limpar até meados de março não previne os fogos florestais", referindo que, "daqui até finais de maio, os matos e as ervas vão crescer e as florestas voltarão a ter combustível em excesso. Se as limpezas fossem feitas em maio, haveria, de facto, prevenção dos fogos florestais porque estaria tudo limpo no verão".

Algumas associações estão também a aconselhar os associados a fotografarem as limpezas, assim como a área limpa, a fim de, no verão, confrontados com uma eventual ameaça de coima, poderem confirmar que realizaram a limpeza. Outra das preocupações das associações é o combate à especulação. É que, em apenas dois meses, o preço médio passou de 900 para 1200 euros por hectare. Mas há já conhecimento de casos em que proprietários, ao verem os prazos a apertar, pagaram mais de três mil euros por hectare.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!