Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Cada português bebe 10,6 litros de álcool

Consumo de álcool diminuiu nos últimos 20 anos.
Cláudia Machado 13 de Maio de 2015 às 00:50
Consumo de bebidas alcóolicas entre os jovens está a aumentar
Consumo de bebidas alcóolicas entre os jovens está a aumentar FOTO: miguel Veterano Júnior

Cada português consumiu, em média, quase 11 litros de álcool puro no ano de 2012. Este valor torna Portugal no décimo país onde o consumo de bebidas alcoólicas é mais elevado, segundo o relatório ‘Combatendo o Consumo Excessivo de Álcool – Política Económica e de Saúde Pública’, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), divulgado ontem e que inclui dados relativos aos 34 países membros e outras seis nações parceiras.

Apesar de continuar a apresentar resultados superiores à média da OCDE – estabelecida nos 9,1 litros por pessoa –, Portugal é o quinto país que mais diminuiu o consumo de álcool no espaço de 20 anos (entre 1992 e 2012), registando uma quebra de 21%. Também a OCDE verificou, neste período, uma descida de 2,5%.

Ao contrário da tendência da OCDE, onde a cerveja é a bebida mais consumida, a preferência dos portugueses concentra-se no vinho. Só depois surge a cerveja, seguindo-se as bebidas espirituosas. No que respeita à avaliação dos padrões de consumo, Portugal é classificado como apresentando um comportamento de baixo risco.

O relatório alerta ainda para as consequências do consumo alcoólico excessivo. Em 2010, este era o quinto fator de risco, a nível mundial, associado à mortalidade e incapacidade.

Só 30% dos jovens com 15 anos nunca experimentaram 
O relatório da OCDE traça um cenário preocupante sobre a evolução do consumo de álcool entre os mais novos. De 2001 a 2010, a percentagem de jovens que, aos 15 anos, ainda não tinha ingerido bebidas alcoólicas caiu dos 44% para os 30% nos rapazes e desceu dos 50% para os 31% entre as raparigas.

"Quanto mais precoces são os consumos, maior é a nocividade e maior a probabilidade de desenvolver dependência", alerta João Goulão, presidente do Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência.

O aumento do consumo entre menores é justificado com fatores como o baixo preço de algumas bebidas, bem como uma maior disponibilidade para a sua aquisição e a promoção de álcool destinado aos jovens.
álcool bebidas consumo jovens Portugal
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)