Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Cancro de pele aumenta em jovens até 30 anos

Diagnósticos cada vez mais precoces travam mortalidade.
Tiago Ruas 24 de Junho de 2015 às 14:49
Exposição continuada ao sol pode levar ao aparecimento de cancro da pele
Exposição continuada ao sol pode levar ao aparecimento de cancro da pele FOTO: João Miguel Rodrigues

O número de casos de cancro de pele está a aumentar em Portugal, principalmente em jovens até 30 anos, avança ao Correio da Manhã o presidente da Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo, António Picoto.

Ao contrário do que se verificava antigamente, o aumento do número de casos da doença é agora mais "significativo nas camadas jovens, entre os 20 e os 30 anos", devido à "exposição exagerada ao sol que se faz durante todo o ano", explica o especialista. Apesar de serem detetados mais casos de cancro cutâneo, a mortalidade está a diminuir, devido ao "diagnóstico cada vez mais precoce da doença".

De forma a prevenir casos de risco, a Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo recomenda que se reduza ao máximo as atividades ao ar livre entre as 12h00 e as 16h00. António Picoto acrescenta que é importante que a pessoa se exponha gradualmente ao sol, para a pele se adaptar, deve aplicar um protector solar 30 minutos antes de ir para a praia ou para a piscina e renovar as aplicações de duas em duas horas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)