Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

"Celebrar o heroísmo do povo português"

Evitar o suicídio de uma mulher e salvar uma mãe e a filha bebé de um incêndio foram os atos de coragem mais valorizados ontem na entrega de prémios aos Heróis CM. O público elegeu dois bombeiros e um maquinista como os portugueses mais corajosos.
10 de Junho de 2013 às 01:00
Estúdio da CMTV recebeu pela primeira vez a cerimónia de entrega dos prémios Heróis CM
Estúdio da CMTV recebeu pela primeira vez a cerimónia de entrega dos prémios Heróis CM FOTO: Helena Poncini

Os prémios Heróis CM 2013 foram ontem entregues numa cerimónia cheia de emoção, realizada nos estúdios da CMTV, em Lisboa. Foram seis horas de uma emissão conduzida em direto por Maya e Nuno Graciano.

A escolha coube ao público, cujos votos por telefone e via postal elegeram o maquinista Joaquim Lopes, na categoria de 'Heróis Civis', e os Bombeiros de de Vieira do Minho, Nuno Gonçalves e António Fidalgo - na categoria de ‘Heróis com Farda'.

"Este prémio é para toda a equipa envolvida na operação", disse Fidalgo, saudando "todos os bombeiros de Portugal". Já Joaquim Lopes disse que "o maior prémio foi ter evitado a morte de uma pessoa."

O maquinista recebeu o galardão das mãos do diretor do CM e da CMTV, Octávio Ribeiro. "Estou orgulhosíssimo desta festa que montámos para celebrar o heroísmo do nosso povo. Há portugueses que não ficam à espera de comendas e esquecem--se de si mesmos para ajudar os outros. Obrigado pelo exemplo que dão a todos os portugueses nestas horas tão difíceis",afirmou. O campeão olímpico Carlos Lopes, membro do júri, fez questão de "agradecer ao CM por premiar estes homens que são heróis de verdade".

Quem telefonou para votar nos Heróis CM ficou habilitado a ganhar um carro Opel Adam.

HERÓIS CM 2013 GALA POVO PORTUGUÊS BOMBEIRO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)