Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Dadores não pagam taxas moderadoras

Isenção vai ser alargada a todos os cuidados hospitalares.
Paula Gonçalves 19 de Dezembro de 2015 às 15:06
Adalberto Fernandes na visita ao Centro Hospitalar de Coimbra
Adalberto Fernandes na visita ao Centro Hospitalar de Coimbra FOTO: Paulo Novais/Lusa

Os dadores de sangue vão ficar isentos do pagamento de taxas moderadoras em todos os cuidados hospitalares do Serviço Nacional de Saúde (SNS), anunciou esta sexta-feira, em Coimbra, o ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes. Desde 2011, os que faziam dádivas de sangue só não pagavam taxas moderadoras no acesso aos cuidados de saúde primários.

"Iremos repor a isenção para os dadores de sangue para todas as condições de acesso, não apenas nos cuidados de saúde primários, mas também para o acesso aos cuidados de saúde hospitalares", revelou o governante na visita ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

A medida agradou ao pre- sidente da Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue. Alberto Mota disse que a federação "nunca abandonou a luta" pela reposição da isenção, que terminou em 2011 e em algumas zonas fez com que as dádivas baixassem "drasticamente". O ministro disse que pretende recolocar o SNS no "seu patamar de polo integrador da coesão social".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)