Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Festa ilegal em Lagos junta dezenas de pessoas e origina foco de contágio do coronavírus

Autarquia afirma que apesar de ainda não constar no boletim da DGS, existem já alguns casos positivos confirmados.
Lusa 15 de Junho de 2020 às 23:23
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus

A Câmara Municipal de Lagos referiu esta segunda-feira que está preocupada com "um foco de contágio ativo" de covid-19 no concelho, resultado da "organização de um evento festivo ilegal" e que terá reunido um "número avultado" de pessoas.

De acordo com um comunicado divulgado hoje, a autarquia, "as forças de segurança e as autoridades de saúde, estão preocupadas com um foco de contágio ativo que está a ser identificado" no concelho de Lagos, distrito de Faro.

A nota explicita que a "origem deste foco" está a ser atribuída "à organização de um evento festivo ilegal", que decorreu "há alguns dias, o qual juntou um número avultado de pessoas".

A Câmara de Lagos sublinha que, "apesar de ainda não constarem no relatório diário da Direção-Geral da Saúde, existem já alguns casos positivos confirmados", sem especificar o número de casos confirmados na sequência deste foco de contágio.

O município acrescenta que as "entidades competentes" estão a "realizar testes, a determinar medidas de isolamento e a identificar as possíveis cadeias de contágio", para que o foco "fique o mais depressa possível circunscrito".

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 434 mil mortos e infetou quase oito milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.520 pessoas das 37.036 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da DGS.

Lagos Câmara Municipal de Lagos saúde epidemias e pragas política questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)