Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Albufeira: Governo espera levantamento de estragos

Albufeira foi a zona do Algarve mais afetada pelo mau tempo.
2 de Novembro de 2015 às 17:02
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
A baixa de Albufeira foi a zona mais afetada da cidade
Mau tempo provocou estragos em Albufeira
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
A baixa de Albufeira foi a zona mais afetada da cidade
Mau tempo provocou estragos em Albufeira
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
A baixa de Albufeira foi a zona mais afetada da cidade
Mau tempo provocou estragos em Albufeira
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva
Albufeira, chuva

O ministro da Administração Interna disse esta segunda-feira que o Governo só decidirá se declara o estado de calamidade pública quando estiver feito o levantamento dos estragos causados pela chuva em Albufeira e se estiverem preenchidos os requisitos necessários.

"É preciso que o levantamento seja feito e, verificado esse levantamento, com os requisitos legais preenchidos, aplica-se a lei", declarou o governante, sublinhando não estar ainda em condições de dizer se vai ser declarado o estado de calamidade pública, uma vez que os "as leis são para cumprir e os requisitos legais têm de se verificar".

João Calvão da Silva, que falava aos jornalistas durante uma visita à baixa de Albufeira, a zona mais afetada da cidade pelo mau tempo no domingo, disse ainda que a declaração do estado de calamidade pública "não é uma lei que se faz por qualquer coisinha", salientando que, para acionar a lei, é preciso que se verifiquem determinados requisitos.

O governante esteve esta segunda-feira no Algarve para dar as condolências à família do homem que morreu em Boliqueime, após o seu carro ter sido arrastado pela água, tendo visitado a baixa de Quarteira, que praticamente já regressou à normalidade, e a baixa de Albufeira, a zona mais afetada, com muitas dezenas de estabelecimentos afetados pela intempérie de domingo.

Presidente da Câmara pede declaração de calamidade

O presidente da câmara de Albufeira, no Algarve, pediu esta segunda-feira que fosse decretado o estado de calamidade pública para o concelho, devido aos "danos elevados" provocados pelas inundações de domingo no concelho, confirmou à Lusa fonte da autarquia.

Danos no parque desportivo podem levar a adiar jogos

O presidente do clube desportivo de Ferreiras, em Albufeira, disse hoje que os prejuízos provocados pelo temporal de domingo "são consideráveis", apesar de não ter ainda estimativas, e poderão determinar o adiamento dos jogos do próximo fim-de-semana.

"Passámos o dia em limpezas e assim continuaremos nos próximos dias. Era, para já, a grande preocupação. Ainda é cedo para dar qualquer estimativa sobre o valor mas o prejuízo é considerável", afirmou à agência Lusa António Colaço.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)