Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Laboratório confirma patrocínio para campanhas sobre disfunção sexual

Laboratório A. Menarini recebeu 1,3 milhões de euros.
23 de Outubro de 2016 às 19:09
Laboratório
Laboratório FOTO: Getty Images
O laboratório A. Menarini, que comercializa um medicamento contra a disfunção sexual, confirmou hoje o patrocínio de 1,3 milhões de euros para campanhas de sensibilização para estas doenças, mas negou que o tenha entregado à Sociedade Portuguesa de Andrologia (SPA).

O caso foi divulgado no Jornal da Noite (SIC) de sexta-feira e, segundo este canal, está relacionado com uma campanha da SPA sobre as disfunções sexuais que coincidiu com o lançamento de um novo medicamento para tratar a disfunção erétil, cuja substância ativa é o Avanafil.

A SPA terá recebido, segundo a SIC, mais de 1,2 milhões de euros para financiar a campanha.

À Lusa, o Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde afirmou que o montante do patrocínio chamou a atenção dos elementos deste instituto que realizam inspeções regulares à plataforma, na qual pode ser consultado este tipo de informações.

O Infarmed abriu um processo de averiguações para apurar se o patrocínio do laboratório A. Menarini foi feito em troca de uma maior prescrição do medicamento.

Em comunicado, o laboratório confirmou os valores investidos em campanhas: cerca de 90 mil euros em 2013, de 813 mil euros em 2014, de 373 mil euros em 2015 e de 71 mil euros em 2016.

De acordo com o A. Menarini Portugal, o dinheiro foi pago "diretamente à agência de meios e comunicação contratada para o efeito".

"A A. Menarini Portugal não entregou ou pagou qualquer valor à Sociedade Portuguesa de Andrologia, Medicina Sexual e Reprodução", lê-se no comunicado.

O Infarmed enviou entretanto estes dados ao Ministério Público, mas o laboratório diz não ter "qualquer conhecimento da existência de um processo junto do Ministério Público relativo a este tema".
Ver comentários