Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Nuno Crato: "Dignificar o diploma académico"

Foram anulados 151 diplomas da Universidade Lusófona.
24 de Junho de 2015 às 13:16
O ministro esteve numa conferência na Fundação Calouste Gulbenkian
O ministro esteve numa conferência na Fundação Calouste Gulbenkian FOTO: Paulo Novais/Lusa

"Tudo faremos para dignificar o diploma académico e para garantir que corresponde de facto à formação nele indicado." Foi assim que o ministro da Educação, Nuno Crato, reagiu esta quarta-feira, no final de uma conferência na Fundação Calouste Gulbenkian, à anulação de 151 diplomas da Universidade Lusófona referentes ao "Caso Lusófona", que esta quarta-feira faz manchete no Correio da Manhã.

 

Este caso tornou-se público em 2013 com o envolvimento do então ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, devido ao número de equivalências que obteve na Universidade Lusófona, que acabou por levar à sua demissão do Governo.

 

Crato afirmou ainda que a única novidade no caso foi o acesso ao processo por parte dos jornalistas por despacho da Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)