Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Oeiras oferece consultas no veterinário

Cheque-veterinário pretende ajudar famílias carenciadas.
Cátia Carmo 25 de Fevereiro de 2015 às 15:46
Veterinário Marcelo Rocha a esterilizar um gato
Veterinário Marcelo Rocha a esterilizar um gato FOTO: Pedro Catarino

Levar o cão ou gato ao veterinário implica custos que nem todas as famílias têm capacidade para suportar. A pensar neste problema, a Câmara Municipal de Oeiras fez uma parceria com a Ordem dos Médicos Veterinários e está a oferecer um cheque-veterinário a famílias carenciadas do concelho que tenham animais de estimação.

"O abandono combate-se criando condições às famílias para manterem os seus animais em casa. O cheque-veterinário é um apoio ao nível de cuidados de saúde para os animais", explicou Nuno Neto, da Câmara Municipal de Oeiras, ao Correio da Manhã.


Além desta medida, para promover a saúde pública em Oeiras, o Centro de Apoio Animal da autarquia oferece cuidados médicos também a animais de rua e promove a esterilização dos gatos abandonados para controlar a reprodução. Quando aqui chegam, muitos vêm feridos e trazem com eles parasitas e pulgas.

Depois de esterilizar cerca de 700 gatos desde o último verão, o médico veterinário do Centro de Apoio não tem dúvidas sobre a importância desta medida.

"São gatos vadios e se não tiverem controlo começam a reproduzir-se sem parar. Esta medida consiste também num controlo de saúde pública, para evitar que se disseminem doenças", sublinhou o veterinário Marcelo Rocha.


A maioria dos animais que aqui chegam são trazidos pelos próprios moradores de Oeiras, que acabam por tornar-se voluntários do Centro de Apoio Animal. Maria do Rosário Rosa colabora desde que o centro abriu, no verão passado. Apesar de nem sequer morar atualmente no concelho, não suporta ver animais desamparados na rua.






















Maria do Rosário Rosa apanhou um gato na rua e levou-o até ao Centro de Apoio Animal de Oeiras para ser esterilizado

"Há imensa gente que, infelizmente, abandona os animais. Pelo menos nós podemos recolhe-los, esterilizar e encaminhar para a adoção aqueles que de facto são adotáveis", acrescentou Maria do Rosário Rosa, voluntária no Centro de Apoio Animal.

Em Oeiras, donos, veterinários e a própria autarquia trabalham em equipa para combater o abandono animal e melhorar a saúde de todos.

As famílias do concelho que quiserem beneficiar desta iniciativa apenas têm de se inscrever no site da Câmara Municipal ou ir a qualquer ponto de atendimento.

Ver comentários