Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

ProTejo propõe medidas para a poluição do rio

Movimento quer "legislação para melhorar a eficácia da fiscalização".
8 de Fevereiro de 2018 às 09:08
Açude do rio Tejo, em Abrantes, onde é bem visível a espuma causada pela poluição, logo após a queda de água
Poluição no Tejo
Rio Tejo em Abrantes
Funcionários tentam recolher a espuma poluidora que surgiu no rio Tejo, na região de Abrantes, no passado dia 24 de janeiro
Açude do rio Tejo, em Abrantes, onde é bem visível a espuma causada pela poluição, logo após a queda de água
Poluição no Tejo
Rio Tejo em Abrantes
Funcionários tentam recolher a espuma poluidora que surgiu no rio Tejo, na região de Abrantes, no passado dia 24 de janeiro
Açude do rio Tejo, em Abrantes, onde é bem visível a espuma causada pela poluição, logo após a queda de água
Poluição no Tejo
Rio Tejo em Abrantes
Funcionários tentam recolher a espuma poluidora que surgiu no rio Tejo, na região de Abrantes, no passado dia 24 de janeiro
O ProTejo - Movimento pelo Tejo defendeu esta quarta-feira estarem reunidas as condições para ser resolvido o problema da poluição no rio, desde que seja implementado um conjunto de medidas nesse sentido.

O movimento apela ao Governo e ao Parlamento para que aprovem "a legislação necessária para melhorar a eficácia da fiscalização, nomeadamente no que respeita à legislação relacionada com a obtenção de meios de prova".

A revisão de todas as licenças dos operadores que rejeitam efluentes no Tejo, de modo a que o volume de água utilizado seja condicionado aos níveis de armazenamento do rio, é outra das medidas propostas.
ProTejo rio Tejo poluição
Ver comentários