Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Alemanha recua na taxa digital europeia

Ministro das Finanças pede debate mais alargado sobre imposto a aplicar aos gigantes da internet.
Sónia Dias 12 de Setembro de 2018 às 01:30
Parlamento Europeu
Google
Facebook
Amazon
Apple é uma empresa multinacional norte-americana
Parlamento Europeu
Google
Facebook
Amazon
Apple é uma empresa multinacional norte-americana
Parlamento Europeu
Google
Facebook
Amazon
Apple é uma empresa multinacional norte-americana
A Alemanha pediu mais tempo para analisar a proposta de uma taxa europeia de 3% sobre as receitas de publicidade online dos GAFA - Google, Amazon, Facebook, Apple.

O ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz, disse em Viena, durante um encontro de ministros, que esta pode não ser a melhor solução, mas recomenda que seja tomada uma decisão até ao final do ano.

A França perde assim o seu maior aliado nesta medida que permite compensar os países europeus por eventuais fugas aos impostos por parte das gigantes tecnológicas. Um plano que é recusado por países mais pequenos, como a Irlanda, que receiam perder receitas e sofrer retaliações dos EUA.

O projeto de uma reforma do sistema tributário europeu, defendida também por Portugal, sofre assim um revés, com o ministro das finanças francês, Bruno Le Maire, a sugerir um prazo limite para cobrar este imposto, de forma a conseguir alguma compensação a curto prazo, enquanto se negoceia um acordo mais global.

Entretanto, as atenções concentram-se, hoje, no Parlamento Europeu, onde será votada a proposta de Diretiva Europeia do Direito de Autor no Mercado Único Digital, que está a dividir opiniões.

O documento em causa tem gerado forte polémica, com críticas de que poderá conduzir ao fim da internet como se conhece, por um lado, e com o apoio de centenas de artistas e dos media, por outro, que exigem maior compensação pelo seu trabalho.
Alemanha Google GAFA Amazon Apple Facebook Viena Olaf Scholz Irlanda França Portugal Bruno Le Maire
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)