Anunciantes atacam canais generalistas

À revelia das televisões do cabo, RTP, SIC e TVI decidiram sozinhas recontratar a GfK para medir audiências.
Por João Bénard Garcia|10.11.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) manifestou-se surpreendida em relação ao anúncio por parte da RTP, SIC e TVI de que "tencionam celebrar um novo acordo com a empresa GfK [que presta serviços de medição de audiências televisivas]", excluindo "os restantes operadores televisivos".

A APAN sublinha que tal anúncio materializa "o rompimento unilateral por parte destes operadores televisivos do consenso existente há oito anos no seio da CAEM - Comissão de Análise de Estudos de Meios (…), consenso que permitiu o estabelecimento de soluções técnicas merecedoras da confiança de todos os interessados, contribuindo para o desenvolvimento da atividade publicitária e facilitando o financiamento da atividade televisiva".

"Os anunciantes não aceitam e lamentam que seja colocada em causa uma instituição de autorregulação como a CAEM, que tem dado provas da sua utilidade e que possa, assim, ficar abalada a confiança gerada ao longo dos últimos anos", defende a APAN e a sua secretária-geral, Manuela Botelho, garantindo que a associação que lidera "foi sempre intransigente na defesa de um modelo de medição de audiências fiável e transparente, adaptado aos novos desenvolvimentos tecnológicos".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!