Anunciantes contestam rotura unilateral dos canais sobre medição de audiências televisivas

RTP, SIC e TVI procuram comemorar um novo acordo com a GFK.
09.11.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Anunciantes contestam rotura unilateral dos canais sobre medição de audiências televisivas
Comando TV. Foto Getty Images
O anúncio da RTP, SIC e TVI de que procuram comemorar um novo acordo com a GFK para a medição de audiências televisivas foi registado com surpresa pela Associação Portuguesa de Anunciantes.

Este anúncio rompe unilateralemente a ligação dos operadores televisivos em sinal aberto entre os principais públicos estratégicos, mantida há oito anos na Comissão de Análise de Estudos de Meios (CAEM). 

Os anunciantes contestam e lamentam que seja colocada em causa uma instituição como a CAEM, que, segundo eles, tem dado provas da sua utilidade.

Para Manuela Botelho, secretária-geral da APAN, a associação "foi sempre intransigente na defesa de um modelo de medição de audiências fiável e transparente, adaptado aos novos desenvolvimentos tecnológicos, já que eles são incontornáveis para planear e aferir os resultados dos investimentos feitos na promoção de produtos e serviços".



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!