Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

"Concorrente já sabia ao que ia"

Luís Marques admite "excesso".
Eugénia Ribeiro 13 de Maio de 2015 às 00:50
Alexandre Rebelo sentiu-se humilhado pelos efeitos que o programa criou para as suas orelhas
Alexandre Rebelo sentiu-se humilhado pelos efeitos que o programa criou para as suas orelhas FOTO: D.R.

"O concorrente sabia ao que ia." É assim que Luís Marques, diretor-geral da SIC, comenta o caso do jovem de 17 anos concorrente ao ‘Ídolos’, acrescentando que "lamenta o aproveitamento" mediático em torno do sucedido. "É lamentável para ele e para a família", sublinha.

Alexandre Rebelo, aluno do 10.º ano do Ensino Especial, voltou às aulas na sexta-feira, mas teve uma recaída e esta semana ainda não voltou à Escola Secundária de Oliveira do Douro, em Gaia. Isto apesar de ter sido recebido pelos amigos e colegas com cartazes de apoio.

"O ‘Ídolos’ é assim. As pessoas sabem ao que vão. Há um histórico. As características do programa são estas. Não pode haver é excessos e aqui houve", esclarece Luís Marques, frisando que a tutora do jovem assinou um termo de responsabilidade.

"Contactámos a família e colocámo-nos à disposição para o que fosse preciso. Foi recusada qualquer ajuda nossa. Depois, no dia 8 [sexta-feira], enviámos uma carta a reiterar o nosso apoio. Mas vimos entrevistas do concorrente nos jornais e nas televisões e não temos mais nada a dizer", explicou.

Ignorando os pedidos de desculpa da SIC, Isilda Pinto, avó de Alexandre, garante ao CM querer avançar com um processo judicial. "Vou deixar de pagar a renda para encontrar um advogado e ir para tribunal", disse, sem esconder a mágoa com que ficou quando viu os efeitos especiais às orelhas do neto.

Luís Marques disse "não temer" que a polémica prejudique as audiências de ‘Ídolos’, que subiu "7 ou 8 pontos em relação ao programa anterior".
ídolos Alexandre Rebelo programa humilhação Luís Marques SIC
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)