Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

Génio vegano e gay trama Facebook

Ações da rede social não param de cair desde que foi revelada fuga de dados para a consultora Cambridge Analytica.
Duarte Faria 28 de Março de 2018 às 01:30
Christopher Wylie tem 28 anos
Mark Zuckerberg, o fundador e líder do Facebook
Mark Zuckerberg
Facebook vive dia sombrio com ações em queda livre na bolsa nova-iorquina
Facebook
Christopher Wylie tem 28 anos
Mark Zuckerberg, o fundador e líder do Facebook
Mark Zuckerberg
Facebook vive dia sombrio com ações em queda livre na bolsa nova-iorquina
Facebook
Christopher Wylie tem 28 anos
Mark Zuckerberg, o fundador e líder do Facebook
Mark Zuckerberg
Facebook vive dia sombrio com ações em queda livre na bolsa nova-iorquina
Facebook
O escândalo do Facebook parece não ter fim à vista. Desde que foi revelada a fuga de dados de 50 milhões de utilizadores para a Cambridge Analytica (consultora ligada às campanhas de Trump e do Brexit), a rede social de Mark Zuckerberg perdeu em bolsa mais de 100 mil milhões de dólares (cerca de 80 mil milhões de euros).

Ontem, as ações da empresa na Bolsa de Nova Iorque voltaram a cair. A continuar assim, o Facebook deverá perder em duas semanas o equivalente ao dobro do valor do PSI 20, o principal índice de referência do mercado de capitais português.

Entretanto, a Comissão Federal de Comércio dos EUA abriu uma investigação à rede social para averiguar se a empresa praticou atos ilegais que causaram danos substanciais aos utilizadores. O cerco aperta-se também na Europa. O parlamento britânico chamou Zuckerberg para responder a questões, mas este anunciou que vai mandar um assessor.

Já a União Europeia quer impedir que uma situação como a da Cambridge Analytica volte a repetir-se. Também do lado dos anunciantes, o desconforto é evidente. Vários marcas cancelaram campanhas publicitárias.

Por outro lado, milhares de utilizadores estão a abandonar a rede social. A situação piorou esta semana após ser noticiado que o Facebook guarda indevidamente registos de chamadas telefónicas e SMS.

O jovem canadiano vegano e gay que tramou Zuckerberg 
Chama-se Christopher Wylie (28 anos), é canadiano, vegano e gay - assim se define o próprio -, e está na base do escândalo. Cérebro da Cambridge Analytica é-lhe atribuído um papel decisivo nas vitórias de Trump e do Brexit.

Pôs em marcha a mais eficaz máquina de uso de dados pessoais ao serviço da política. Foi a fonte que revelou fuga de dados do Facebook.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)