Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

'GATO GIL' SOLTOU RISO DO JÚRI

A culpa pode ter sido do nervosismo ou, quiçá, simples desconhecimento da letra da canção. A verdade, porém, é que vários candidatos a "Ídolos" cometeram um erro "crasso" na interpretação do tema "Solta- -se o Beijo", e acabaram por "transformar" o compositor João Gil no gato da sua própria canção, que ele compôs e a namorada Catarina Furtado escreveu.
24 de Setembro de 2003 às 00:00
Catarina Furtado e João Gil são os autores do tema Solta-se  um Beijo, que  os candidatos cantaram  na eliminatória do Tivoli
Catarina Furtado e João Gil são os autores do tema Solta-se um Beijo, que os candidatos cantaram na eliminatória do Tivoli
A "gafe" acabou por dar azo a alguns dos momentos mais hilariantes da segunda fase de eliminatórias do programa "Ídolos", que vai para o ar na sexta-feira.
O tema "Solta-se o Beijo", um estrondoso êxito do grupo Ala dos Namorados, interpretado por Sara Tavares e Nuno Guerreiro, foi uma das canções obrigatórias que os 55 candidatos a "Ídolos" tiveram de interpretar para convencer o júri das suas capacidades vocais.
Quem acabou por enfrentar uma terrível provação, porém, foi o próprio júri, que mal conseguiu conter o riso nas eliminatórias do Tivoli perante os vários candidatos que resolveram, por conta própria, fazer alterações à letra e substituir o verso "peço ao gato chiu" por gato... Gil!
UMA 'RASTEIRA' SONORA
Para João Gil, autor da música (a letra é da namorada Catarina Furtado), resta- -lhe reagir com sentido de humor. Contactado pelo CM, o músico e compositor, comentou a deturpação da canção com gargalhadas: "Acho muito divertido. 'Chiu!' é uma expressão onomatopeica, aliás muito bem interpretada pela Sara Tavares e Nuno Guerreiro, mas que parece estar a dar azo a muitas confusões. É um fenómeno que acontece com alguma frequência, especialmente quando se trata de uma língua estranheira: uma associação errada de palavras, originada pela semelhança dos sons", explicou.
Em relação ao "fenómeno" ocorrido na emissão de "Ídolos", João Gil foi benevolente com os jovens cantores: "Ou andam todos surdos ou deu-se esse tal fenómeno de interpretação que levou os concorrentes, numa simplicidade enternecedora, chamarem Gil ao gato, associando a canção à minha pessoa. Acredito que é completamente inocente", afirma.
Garantindo "até achar piada ao sucedido", o mentor da Ala dos Namorados resolveu brincar com a situação: "Até estou a pensar criar uma nova personagem artística com o nome de Gato Gil, um saxofonista muito oleoso, com um chapéu nordestino, que toca umas canções muito foleiras...", ironizou.
ENSAIOS DECORREM EM SEGREDO
Os trinta semi-finalistas de "Ídolos" já estão a ensaiar com grande afinco para a próxima fase do concurso, a das apresentações em estúdio com acompanhamento ao piano, que arrancará a 3 de Outubro. Os pormenores, porém, estão no segredo dos deuses.
Sabe-se, no entanto, que os ensaios decorrem algures em Lisboa, e até os próprios concorrentes só são convocados na véspera.
Na nova fase que se aproxima, o júri deixará de ter poder decisivo, mas continuará a opinar sobre as prestações dos concorrentes.
A SiC irá emitir três programas semanais, às sextas-feiras, e caberá aos telespectadores votar nos seus favoritos e eleger os dez finalistas.
Assim que forem conhecidos os dez eleitos, iniciam-se as galas, transmitidas em directo, a partir dos estúdios Valentim de Carvalho, em Paço-de-Arcos. Em cada uma destas emissões (serão realizadas 12 galas) o público irá eliminar sucessivamente um concorrente, através de votação directa, até à grande final, agendada para Janeiro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)