Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Gigantes tecnológicas recuperaram da crise

Amazon, Apple, Microsoft e Google colocam mercado a crescer depois das inúmeras polémicas dos últimos meses.
Duarte Faria 18 de Agosto de 2018 às 01:30
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg
Seis meses depois de rebentar o escândalo da fuga de dados do Facebook para a consultora Cambridge Analytica, que afetou mais de 87 milhões de utilizadores da rede social e que levou a uma crise generalizada no mercado tecnológico, os principais gigantes online já começaram a recuperar valor.

Impulsionado pelo crescimento da Amazon, da Apple, da Microsoft e da Google, o valor das principais tecnológicas é hoje 345 mil milhões de euros superior ao registado a 16 de março, dia anterior ao início do escândalo do Facebook - a que se seguiram várias outras polémicas relacionadas com a privacidade dos utilizadores, que provocaram uma crise de confiança em diversas empresas.

A Apple foi a tecnológica que ganhou mais dinheiro: 137 mil milhões de euros. Mas, percentualmente, foi a Amazon que mais cresceu. Em seis meses valorizou mais de 19%. Principal afetado pela crise no mercado nos últimos meses, o Facebook, que detém o Instagram e o WhatsApp, ainda não chegou aos valores 'pré-crise' mas, ainda assim, tem vindo a recuperar.

Esta sexta-feira valia 438 mil milhões de euros, menos 7,7% do que antes de ser revelado o escândalo da Cambridge Analytica. Recorde-se que a empresa de Mark Zuckerberg registou em julho a pior quebra da história da Bolsa de Nova Iorque, desvalorizando num só dia mais de 100 mil milhões de euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)