Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

Google investigada por violação de dados

Gigante digital é suspeita de não seguir as regras de privacidade impostas pela RGPD.
Sónia Dias 25 de Maio de 2019 às 09:25
Google
Google
Google
Google
Google
Google
Google
Google
Google
Google
Google
Google
A entidade responsável pela proteção de dados na Irlanda abriu uma investigação à forma como a Google recolhe os dados pessoais dos internautas para os utilizar na publicidade online. Esta é a primeira vez que a gigante tecnológica enfrenta os reguladores europeus por conta da lei de privacidade da União Europeia, o Regulamento Geral de Proteção de Dados - RGPD, que entrou em vigor precisamente há um ano.

Segundo as autoridades irlandesas, a investigação surge na sequência de inúmeras reclamações contra a empresa controlada por Sundar Pichai. Estas começaram depois de o motor de busca Brave acusar a rival Google de violar as regras. Ou seja, sempre que alguém visita um site os seus dados são enviados para empresas sem o seu consentimento, de forma a direcioná-los para anúncios.

Recorde-se que se a investigação concluir que a Google está a violar as regras da RGPD, a gigante norte-americana arrisca uma multa que pode chegar aos 20 milhões de euros ou a 4% das suas receitas.

"O objetivo é determinar se o processamento de dados pessoais feito em cada etapa de uma transação publicitária está em conformidade com a RGPD", explica a autoridade irlandesa, que não adianta prazos para a conclusão desta investigação.

A Google, contudo, não é a única a ser investigada na Irlanda. Twitter, LinkedIn, Apple e Facebook também estão a ser verificados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)